Voltar para o Mempool

Bitcoin = Liberdade

Por Ross Ulbricht

Primeira publicação em Ross Ulbricht’s Medium blog


Algo especial aconteceu no primeiro ano depois que Satoshi nos deu o Bitcoin, algo que ninguém esperava e muitos achavam impossível. Tente imaginar naquela época, antes de você conseguir comprar alguma coisa com ele, antes de existir uma taxa de câmbio, antes que alguém realmente soubesse o que aconteceria com ele, se é que alguma coisa aconteceria. Bitcoin não começou como dinheiro. Se tornou dinheiro, mas o fez de forma que nenhum dinheiro que veio antes dele fez. Apesar de todas as coisas que o Bitcoin tornou possível, de todas as formas como está mudando o nosso mundo, não apreciamos totalmente ou mesmo entendemos o que aconteceu naqueles primeiros dias, quando era apenas uma brincadeira para nerds.

Todo dinheiro que precede o Bitcoin — na longa história da civilização humana — era valorizado por razões que não seu uso como dinheiro. Gado na África, selos na prisão, conchas e metais preciosos foram todos usados como dinheiro e se encaixam nesse padrão. A única exceção é a moeda fiduciária — algo declarado como sendo dinheiro por uma autoridade — mas mesmo moedas fiduciárias eram lastreadas por algo com prévio valor, como ouro.

O Bitcoin mudou tudo isso. Bitcoin não tinha valor prévio, e ninguém era forçado a usá-lo, e mesmo assim se tornou um meio de troca. Pessoas que não entendem ou pouco se importam com o Bitcoin podem mesmo assim aceitá-lo como pagamento porque sabem que ele pode ser usado para pagar por algo ou ser convertido para dinheiro convencional.

As pessoas costumam mencionar as pizzas que foram compradas por dez mil bitcoins e, em retrospecto, tiram sarro do cara que comeu o que viria a se tornar um almoço multimilionário. Estou mais interessado na pessoa que abriu mão de duas pizzas perfeitamente boas por meros bitcoins. O que ele viu naqueles bits e bytes, aquela assinatura digital em algo que as pessoas estavam chamando de blockchain? O que quer que tenha motivado o vendedor de pizza pode também ter motivado os primeiros mineradores que não conseguiam liquidar, mas que acumulavam alegremente. Talvez tenha inspirado os que simplesmente davam bitcoins aos milhares. O que quer que fosse, era algo novo.

A economia clássica diz que uma troca não acontece a não ser que ambas as partes valorizam mais o que eles estão ganhando do que o que estão abrindo mão. Então de onde veio o valor? O Bitcoin nunca deveria ter saído do chão, mas o fez. Até um produto novo tem algum valor, e pioneiros estão tomando um risco de que eles não terão retorno em seu dinheiro, mas ainda sim esperam ganhar algo pela troca.

Os pioneiros do Bitcoin, por outro lado, não tinham nenhuma maneira de saber que temos agora. Tudo que eles tinham era um sonho, a convicção e entusiasmo contagiante o suficiente para transformar uma engenhoca digital em um fenômeno multi-bilionário o qual que estamos vendo apenas o começo dos efeitos.

Vou te contar o que eu acho que aconteceu, mas a verdade é que ninguém sabe. É como mágica que o Bitcoin pôde de alguma forma surgir do nada, e sem valor prévio ou decreto autoritativo, se tornar dinheiro. Mas o Bitcoin não surgiu num vácuo. Ele foi a solução para um problema que criptógrafos vinham batendo a cabeça há muitos anos: Como criar dinheiro digital sem uma autoridade central que não pudesse ser falsificado e fosse confiável.

Esse problema persistiu por tanto tempo que uns deixaram a solução para outros e ao invés disso sonharam como que seria o nosso futuro se de alguma forma um dinheiro digital descentralizado viesse a existir. Eles sonharam com um futuro em que o poder econômico do mundo fosse acessível por todos, onde valor pode ser transferido de qualquer lugar com o apertar de um botão. Eles sonharam com prosperidade de liberdade, dependentes apenas da matemática de criptografia forte.

O Bitcoin foi então concebido em solo fértil e foi reconhecido por aqueles que estavam à sua espera. Esse foi um momento histórico para eles, muito mais importante que pizzas ou contas de energia exorbitantes por causa da mineração. A promessa de liberdade e o encanto do destino energizaram a comunidade inicial. O Bitcoin foi conscientemente, mas espontaneamente, tomado como dinheiro enquanto ninguém estava olhando, e nosso mundo nunca mais será o mesmo.



Saiba mais sobre Ross Ulbricht em freeross.org. Você pode assinar sua petição por clemência aqui.


Traduzido por Luis Schwab


Leia em English, Русский e Tiếng Việt

Voltar para o Mempool